O desafio de cuidar de um cão em um apartamento

 

Cachorro em Apartamento

Nossa! Como o tempo passa rápido!

E nesse tempo algumas coisas mudam muito, outras continuam as mesmas.

De vez em quando a BitCão re-edita uma mensagem que é importante para os donos dos peludos, e é nestas horas que vemos o quanto a BitCão cresceu e melhorou nos últimos anos.

Um exemplo é a mensagem dedicada aos donos de cães que vivem em apartamento: Essa nova versão tem uma variedade ainda maior de produtos escolhidos a dedo para ajudar a distrair os focinhos que ficam muito tempo sozinhos em casa e precisam manter suas mentes ocupadas.

A quantidade de produtos disponíveis mudou bastante, mas o cuidado e o carinho que a BitCão seleciona estes produtos para vocês continua a mesma!

Normalmente o maior desafio de quem tem um cachorro em apartamento é mantê-lo distraído, ocupado, e exercitado pelas longas horas em que passamos fora, sem que o peludo destrua a nossa casa e incomode os vizinhos.

Algumas raças são naturalmente mais adaptadas a ficarem períodos maiores sem interação com os seus donos, sem que com isso se transformem em bichinhos ansiosos e agitados. Outras raças são mais cheias de energia ou dependentes de companhia e precisam de atenção e esforços redobrados por parte de seus donos.

Se você mora em apartamento, ainda não tem um cachorro mas está pensando em ter um, nem pense que a escolha é simples: Cachorros pequenos são ideais para apartamento e cachorro grandes para casas. Não é bem assim!

Mesmo dentro de uma raça específica tem filhotes que são mais calmos e outros muito mais agitados e é preciso escolher com cuidado.

As qualidades mais apreciadas nos peludos que viverão em um apartamento são:

 baixo nível de ansiedade quando fica sozinho;
 pouca tendência a latir desnecessariamente;
 nível de independência maior;
 nível de atividade diária menor ou, pelo menos, que possa ser satisfeita com períodos regulares de exercícios.

Nestes aspectos as raças mais adaptáveis são Maltes, Bichon Frisé, Pug, Buldogue Frances; Boston Terrier, West Terrier, Rottweiler (sim, o grandão costuma ficar quietinho o dia todo se for levado para passear umas 3 vezes por dia), Golden Retriever, entre outros.

Fuja de Beagle, Cocker Spaniel, Labrador, Pastor Alemão, Dachshund, Pinsher, Border Collie, e muitos outros. Veja bem, não é que estas últimas raças não sejam maravilhosas, mas por terem características de temperamento que dependem muito da companhia e da interação com seus donos, eles costumam dar muito mais trabalho se forem confinados em um apartamento durante o dia todo.

Independentemente do cachorro que você tem no seu apartamento a BitCão tem alguns produtos que fazem a alegria da cachorrada (e dos donos também). São brinquedos “inteligentes”, que prendem a atenção do seu cão porque podem guardar gostosuras no seu interior, possuem movimentos inesperados e instigantes para provocar o instinto de caça do seu bichinho, têm texturas variadas, e são ultra-resistentes.

Brinquedo Inteligente
Kong Original

Mas também não são só brinquedos que podem ajudar o seu peludo a passar as horas. O CD com Músicas que Acalmam Seu Cachorro é ótimo para deixar o seu cão mais relaxado e tranqüilo. A Grade para Portas permite que o seu peludo fique em uma área reservada, sem se sentir confinado por uma porta sólida fechada a sua frente, sem falar na melhora da ventilação do ambiente.

Músicas que Acalmam Seu Cachorro
Músicas que Acalmam o Seu Cachorro

E se o seu bicho é daqueles que adora bater papo com os vizinhos que ele avista pela janela, ou pela varanda, ou simplesmente é um fã de óperas e gosta de latir e uivar enquanto está sozinho, existe a Coleira Anti-latidos Smart (sem choque), que não é nociva ao seu amigo, não causa dor, e ao contrário do que muitos pensam, não faz do seu cachorro um ser mudo, mas ajudam a controlar os latidos excessivos.

BitCão fez uma lista especialmente para vocês, com sugestões de vários brinquedos e produtos, que além de entreter o seu bichinho, e melhorar a qualidade do dia a dia deles, vão deixar os seus vizinhos felizes, pois os brinquedos não fazem barulho quando são lançados no chão e evitam que o seu amigo se torne persona non grata no prédio. Confira as novidades e experimente uns brinquedinhos diferentes para o seu amigão. Temos certeza de que todos ficaram mais felizes.

Aproveitando, aí vão algumas dicas para fazer a vida do seu cão ainda mais interessante:

• Teste todos os brinquedos ou produtos novos enquanto você está em casa e certifique-se de que são adequados para o tamanho, força, e poder destruidor do seu cão, antes de deixar o seu peludo sozinho com eles.

• Tenha à disposição do seu peludo vários brinquedos, de preferência todos dentro de uma caixa ou cesta, para que o bichão saiba exatamente onde ficam os seus pertences e, portanto, quais são as coisas que ele pode carregar na boca e até mesmo picar um pouquinho.

• Procure ter uma seleção bem variada com texturas, formas, tamanhos, e que possibilitem movimentos diferentes.

• Quanto mais brinquedos o seu filhote tiver, maior será a possibilidade dele encontrar alguma coisa de que realmente goste. Ter uns 10 brinquedos na cesta, e mais uns cinco guardados para ir revezando é o ideal, além do que, o seu cão irá pensar que toda semana está ganhando um brinquedo novo.

• Guarde um ou dois brinquedos prediletos do seu cão para situações especiais. Ofereça-os ao peludo apenas quando você precisa que ele fique realmente entretido. Nos dias que você vai passar mais tempo fora, quando você vai ter visitas, ou nos dias de chuva em que vocês não vão poder passear tanto tempo do lado de fora, por exemplo.

• Brinque com os instintos do seu cachorro. Antes de sair de casa esconda alguns petiscos pela casa (ou na área em que seu cachorro costuma ficar restrito), e deixe que ele use o olfato para encontrá-los durante o dia. Deixe pedaços pequenos de biscoito de cachorro, ou Petiscos Bifinho, ou Petiscos para Cães – Comportamento. Nunca coloque um pedaço muito grande, nem os esconda em algum lugar de difícil acesso, ou perigoso para o seu peludo. Se o seu cachorro estiver de dieta, ou se tiver alergia, ou restrição a estas guloseimas, esconda bolinhas de ração mesmo.

• Nada substitui um bom passeio antes de você sair de casa e outro quando você voltar. Ir à rua enriquece a vida dos nossos cães dá a eles a oportunidade de explorar o ambiente, conhecer novas pessoas e cães, marcar o território e desvendar um mundo de novos cheiros. Se você não tem muito tempo para caminhar e seu peludo é do tipo cheio de energia, use a Mochila para Cachorro carregada com cerca de 10% do peso do seu cão para triplicar o efeito de um bom passeio em pouco tempo.

• Mantenha sempre um cantinho especial na casa para seu peludo deitar e descansar. Este local deve ficar o mais longe possível da área em que ele faz xixi e cocô e deve ser um porto seguro. As Camas MyPet são ótimas para oferecer conforto, segurança e se destaca no ambiente para deixá-la ainda mais atrativa para nossos amigões.

http://www.bitcao.com.br/artigos/caes-de-apartamento.php?utm_source=redessociais&utm_medium=blog&utm_campaign=meuamigopet

Pet Shop Puppy

jogo de Pet Shop Puppy Perfect Makeover o pequeno cãozinho está sujo e maltratado e precisando de cuidados especiais. Mostre que você sabe cuidar de um pet e divirta-se dando banho, secando, tosando e vestindo este lindo cãozinho, deixando-o pronto para aproveitar as melhores coisas da vida.

Tártaro como evitá-los?

tartáro 2

A conscientização do hábito de escovar os dentes tornando uma higiene regular é fundamental no combate aos problemas bucais, infelizmente para os proprietários trata-se apenas uma questão de estética, contribuindo assim para resultados negativos com complicações de inúmeros problemas bucais, entre eles: doença periodontal, conhecida como tártaro, a cárie, a gengivite, seguidos de tumores, fratura de dentes, podendo chegar até a fratura na mandíbula e má formação dentária.

Estes problemas podem ser o vínculo para outras doenças, já que as bactérias utilizam a inflamação como porta de entrada para a corrente sanguínea podendo alcançar órgãos como coração, pulmão, fígado e rins, degeneralizando doenças que coloca em risco a saúde do animal.

Há tempos fazem parte da lista dos cuidados regulares os inúmeros cuidados com seu pet, entre eles os exercícios físicos, visitas ao médico veterinário, vacinas, mas o problema é que nem sempre donos de cães incluem na rotina destes cuidados a higiene bucal de seus animais. Esta conscientização exige inúmeros fatores como:-

Alimentação adequada

Alimentos preparados comercialmente proporcionam uma alimentação saudável para cada fase da vida do cão ou gato. No mercado existem inúmeras variedades de gostos e texturas, além de serem o mais indicados contribuindo em qualidade de vida e segurança na saúde do animal, colaboram na saúde bucal, pois não deixa o acumulo de resíduos entre os dentes formando assim o cálculo dental (tártaro).

Higienização Bucal

Uma escovação completa é tão importante como outros cuidados, pois evita o mau hálito, fortalece os dentes e previne doenças. Os proprietários de banho e tosa tem um papel fundamental neste processo de conscientização uma vez que observa o animal constantemente durante o banho e tosa e assim além de incluir a saúde bucal aos cuidados freqüentes podem orientar os donos dos cuidados diários com seu animal.

Produtos para limpeza

O comércio apresenta uma linha de produtos que favorecem a eliminação do tártaro. Há uma diversidade de itens, como:- osso natural ou defumado, palitos, bombom, canelinha… Entre outros, que além de satisfazerem a necessidade do cão de roer, ajuda no proporcionar a limpeza e são todos ricos em vitaminas. Existem empresas que oferecem opções para cães pequenos até grande porte e que trabalham para oferecer opções benéficas à saúde do animal no combate à placa dentária e ao tártaro.

Cremes dentais

A linha de cremes traz benefícios na limpeza, menor odor das fezes além de ser compostas por complexos vitamínicos. Este produto previne tártaro, gengivite e reduz a placa bacteriana, formados com complexo enzimáticos que melhora o mecanismo natural de defesa oral, inibe o crescimento das bactérias produtoras da placa.

Para a limpeza os cremes devem ser acompanhados por escovas dentárias ou dedeiras, e por se tratar de um segmento de higienização e prevenção, o produto tem uso continuo, com o ideal de três vezes por semana, lembrando que o uso de produtos de qualidade é fundamental, limpeza no banho e tosa e supervisão veterinária periódica para que a escovação seja realmente eficaz.

Dra.Deise Mara Bó
Médica Veterinária
CRMV 10.334

http://www.cursodebanhoetosa.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=211:saude-animal&catid=79:saude-animal&Itemid=88

Como ser Colaborador?

face copy

Você quer ajudar e não sabe como?

Quer fazer algo, mas não dispõe de dinheiro, mas tem tempo, amor e carinho para dar?

Preparamos uma lista de dicas para você poder escolher como ajudar os animais!

–  Escritor, colunista do blog, com tema animal, a periodicidade de escrita que você definir;

–  Desenhista, criação de desenhos para nossas apostilas;

Palestrante, educador para crianças projeto que implantaremos em escolas da cidade;

Patrocinador  – você poderá procurar patrocinadores, lojistas, escritórios para nosso site, com esta ajuda viabilizaremos a impressão do material educativo que distribuiremos nas escolas.

Anunciantes – você poderá procurar anunciantes, lojistas, escritórios para nosso site, com esta ajuda viabilizaremos a impressão do material educativo que distribuiremos nas escolas.

Para ser um colaborador basta nos escrever: contatos@irmaoanimal.com

Dependendo do voluntariado não há necessidade de ser da cidade de Petrópolis, como o colunista.

Não importa o tempo disponível, mesmo que seja só um pouquinha já é muito bem vindo.

Como Encontrar um animal Perdido

MEDALHA copy
Como encontrar meu animal perdido é um vídeo criado pela Mônica Martins, para tentar ajudar aqueles que estão passando por uma situação parecida com a qual passei.
Segue abaixo seu relato:
Meu cãozinho Thoby Martins fugiu do petshop no dia 21/06/2010. Passei por 28 longos dias de busca.
Quando nos deparamos com uma situação dessas, somos bombardeados de informações sobre o que fazer. Creio que podemos ser mais objetivos, práticos e efetivos em nossa busca e, por isso tentei descrever a melhor forma para se iniciar esse momento tão delicado.
O mais importante: Nunca desista de seu animal, pois, com certeza, ele nunca desistiria de você. (a prova disso para mim é a história do Thoby).
Eu tive um final feliz, pois meu cachorro conseguiu voltar para casa, quem sabe meus esforços o tenham ajudado.
Boa sorte à todos vocês que estão ainda à procura de seu animalzinho perdido.

Outra dica importantes recebida por email e vistas no dia a dia:
* Fazer cartaz com foto do seu cão e colar em carros.

*Colocar faixas nas ruas – mesmo que a prefeitura tire, basta um dia para muitas pessoas verem

*Distribuir cartazes em comércio local e nas proximidades como padarias, farmácias, bancas de jornais, postos de gasolina, lojas…

*Distribuir cartazes em clínicas e pet shops do bairro em que o animal fugiu e bairros adjacentes.

*Contratar carros de som para anunciar a fuga do animal no bairro que o animal fugiu e bairros adjacentes (tem dado excelente resultado).

*Colocar anúncio nos sites de animais perdidos.

*Colocar anúncio no Facebook, Orkut…

*Anunciar numa rádio/jornal local

A persistência dos donos é fundamental…redistribuir os cartazes toda semana ou a cada 15 dias, conforme as possibilidades.

Temos visto animais achados depois de 1,2, 3…6 meses, até 1 ano.

Por que todo cão precisa de placa de identificação?

Os pedidos que chegam por email são enormes…

Perdidos, encontrados….

Você já deve ter vistos os cartazes em postes ou pontos de ônibus contendo foto de cães ou gatos de estimação perdidos.

Isso tudo poderia ser evitado de forma fácil, simples e barata, com uma coleira e uma plada de identificação!  Nesta placa, é gravado o nome do Animal em questão e o telefone do dono.

Pedimos aos amigos, que não esperarem até que a situação aconteça.
O cão identificado evitará não só sofrimento para a família como também para o cão. Vale a pena prevenir.

Abrigo Bicho Feliz

Jussara Mandim

Protetora de animais independente, pois usa de seus próprios recursos para manter os mais de 90 cães e 20 gatos que abriga em seu sítio na cidade de Petrópolis na região serrana do Rio de Janeiro. Desde sua infância sempre adorou animais, não podendo ver um animalzinho abandonado sofrendo nas ruas que logo queria levá-lo para casa para cuidar dele. Quando optou por morar na serra, não sabia que ali traçava o destino que Deus enviou para ela. Aqui chegando no inicio dos anos 80, nessa época morando em uma casa com pequeno quintal no centro de Petrópolis, já começava a recolher animais abandonados e muitos filhotes que colocavam em seu portão. Naquela época ainda se via muitos animais doentes com problemas terríveis de pele, cadelas prenhas e muitos animais contaminados com vírus da cimonose que por esses motivos eram abandonados pelos próprios donos por não terem recursos para tratá-los ou mesmo por falta de compaixão os abandonavam á própria sorte. Após alguns anos com o aumento dos animais que recolhia surgiu a necessidade de ter um espaço maior, então nos mudamos para um sítio onde hoje se intitula “ABRIGO BICHO FELIZ”.

Pessoas que nos visitam elogiam a maneira como os animais são tratados, pois os cães vivem com espaço a maioria em grupo ( os animais sociáveis) e os gatos transitam livres na área destinadas para eles. Sendo assim, surgiu a idéia de criar esse site para divulgar o trabalho no intuito de receber alguma ajuda, pois as despesas são altíssimas e o objetivo é poder continuar a tratá-los com qualidade e na medida do possível ajudar a tratar dos animais de pessoas carentes aqui na região serrana que não podem pagar por uma consulta veterinária e nem pela esterilização de seus animais. Portanto quanto mais ajuda conseguir, mais poderei continuar a dizer “SIM”, pois não gosto de ter que dizer “NÂO”, quando o que está por traz do pedido é uma vida ou várias desses seres indefesos.

No “ABRIGO BICHO FELIZ”, atualmente com 98 cães e 25 gatos, alguns cães adotáveis ( veja na galeria adote um cãozinho), outros precisam de apadriamento, caso não queira adotar

poderá apadrinhar, são animais idosos ou com algum tipo de deficiência e outros jovens adultos que por viverem soltos dentro do sítio não se adaptaram em viver de forma diferente.

Portanto, pessoas do bem e amantes dos animais saibam que apelo se faz necessário devido ao alto custo de despesas mensais uma vez que não recebo nenhuma ajuda de órgãos públicos e nem de ONGs ligadas a causa, despesas essas comprovadas através de recibos referentes a compra de ração, medicamentos e despesas com veterinários. Sendo assim, solicito sua colaboração e estou aberta a sugestões eparcerias.

Desde já agradeço de coração por qualquer ajuda que receberemos com muita alegria.

contato@abrigobichofeliz.com – http://www.abrigobichofeliz.com/quemsomos.html

 Faça sua doação!

Banco Caixa Econômica Federal
Agencia: AG:0188 OP:013 Conta: 13234 – 4