Mostra Fotográfica Irmão Animal – 5ª edição

Novamente participando junto ao colégio Bom Jesus com mais um trabalho educacional!

​​Mostra Fotográfica Irmão Animal é uma exposição itinerante que retrata o Abandono, através de uma seleção de 40 fotos, em diferentes ações realizadas pelos colaboradores do grupo Irmão Animal, em prol de cães e gatos abandonados.

A intenção do evento é levar a reflexão a sociedade como um todo, ficando o convite em aberto para apoiarem a causa de alguma forma. “São diversas formas de ajudar, que vão além da adoção. Doando rações, doando tratamento para gastos veterinários como vacinas e castrações, realizando trabalho voluntário, divulgando, conscientizando, e o mais importante, castrando seus próprios animais tendo uma guarda responsável. O que não podemos é fechar os olhos para este grande problema”, garante Carla Maduro, responsável pelo Irmão Animal.

Solitários, tristes e famintos. É assim que se encontram milhares de animais abandonados à própria sorte nas ruas do Brasil. Os motivos para a crueldade, de um modo geral, são períodos de férias, comportamento repudiado pelos donos, velhice e doenças. Fato é que, cada um deles ou seus acedentes um dia pertenceram a alguém.

A Organização Mundial da Saúde estima que, só no Brasil, existam mais de 30 milhões de animais abandonados, entre 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães. Em cidades de grande porte, para cada cinco habitantes há um cachorro. Destes, 10% estão abandonados. No interior, em cidades menores, a situação não é muito diferente. Em muitos casos o numero chega a 1/4 da população humana.

O foco da exposição é chamar a atenção da sociedade como um todo para importância de eventos educacionais como os realizadas pelo grupo Irmão Animal. A ideia da mostra surgiu em conjunto com parceiros fotógrafos, o início das fotos documentarias são datadas em meados de 2010. As fotos retratam momentos em que os animais foram encontrados nas ruas, onde receberam atendimentos, cuidados e são apresentados para adoção.

Segundo Carla Maduro, tal trabalho de conscientização e educação é fundamental para coibir a causa: “Os animais abandonados além de sofrerem com medo, sentirem frio e fome, ficam ainda expostos a qualquer tipo de situação correndo graves riscos nas ruas além dos maus tratos”, afirma.

O Irmão Animal
Grupo de voluntários que atua na guarda responsável dos animais domésticos desde 2008, colabora por conta própria sem incentivos fiscais e nem apoio direto de doações, não possui sede nem abrigo, leva a educação e conscientização para os tutores, auxiliando ainda, com cuidados dos animais encontrados. Os colaboradores do grupo tratam, cuidam, e abrigam os animais até que estejam aptos a serem adotados. Para ajuda com despesas financeiras os voluntários contam com doações de amigos, madrinhas/padrinhos e ajuda de apoiadores da causa. Eles também realizam ações para arrecadar fundos, como rifas, eventos e confecção de produtos próprios com renda destinada a estes animais carentes.