Dicas de fim de ano – Alimentos da ceia


Campanha realizada pelo Irmão Animal, focando a conscientização e cuidados especiais nesta época.
Juliana Arantes, veterinária da Hill´s Pet Nutrition, alerta que muitos alimentos presentes na Ceia de Natal podem fazer mal para os cães. “Qualquer alimento novo que o cão não esteja habituado a comer pode causar um estresse na microbiota intestinal, ocasionando sérios problemas”.
A seguir, a especialista lista alguns alimentos que não podem ser consumidos pelos cães e também as consequências, caso isso ocorra:
Carne de peru, tender e pernil: são gordurosas e podem causar distúrbios, como fezes amolecidas, diarreias e vômitos.
Nozes de Macadâmia: podem causar fraqueza, depressão, vômitos, tremores, dores abdominais, confusão mental, problemas musculares, respiratórios, digestivos, problemas nas articulações e no sistema nervoso e hipertermia.
Uvas e Uvas Passas: podem causar vômitos severos e diarreia, insuficiência hepática, insuficiência renal, alteração neurológica e até morte.
Chocolate e Café: por conter metilxantinas, podem causar vômitos e diarreia, hiperventilação, sede e urinação excessiva, hiperatividade, ritmo cardíaco anormal, tremores, convulsões, coma e até a morte.
Ossos: extremamente perigosos, principalmente após o cozimento, pois ficam muito fáceis de triturar e as “farpas” podem dilacerar o intestino, causando hemorragia e levando o animal ao óbito.
Abacate: contém toxina fungicida, o que pode provocar vômitos, diarreia, dificuldades em respirar, paragem de digestão e acumulação de fluídos no abdômen, peito e coração. Há risco de morte.
CRÉDITOS:
Irmão Animal
Juliana Arantes
Veterinária Hill´s Pet Nutrition

About the author: Irmão Animal

Leave a Reply