Uma linda História de amor, proteção milagre e reencontro.

pit

No mês de Novembro, mês que antecede o  Natal, onde o espírito natalino  começa a mexer com os nossos  corações e emoções, eis que surge uma  linda história envolvendo uma família,  o grupo Irmão animal e uma Colaborador/Protetora Irmão Animal .

Cynttia Rodrigues ficou  responsável  pelo lar temporário do  tão lindo poodle “Quero Quero”, recebendo  essa missão em Julho de 2013. Quero Quero foi resgatado  por  Carla Maduro,  quando andava perdido pelas ruas na Praça Pasteur . Era uma noite chuvosa e muito fria.

Muito velhinho e aparentando cegueira, foi devidamente levado ao Veterinário para uma avaliação, o que normalmente é feito com todo peludo resgatado nas  ruas.

Assim seguiu a vida de Quero Quero… cartazes distribuídos, divulgação na internet e não encontramos seus tutores.

Quero quero desta forma foi morar na casa com Cynttia e  toda a sua família , havia também  mais um peludinho que o aceitou com muito carinho.  Quero Quero Sempre muito bem cuidado, com consultas rotineiras ao Veterinário, seus remédios, comidinhas mais que especiais, que muitas das vezes eram preparadas pela própria Cynttia…  ele não  gostava muito de ração, toda a  preocupação com a sua higiene,  era cuidadosamente banhado e tosado pela Zezé Rodrigues.

Deus age de formas que muitas vezes nós mesmos nos surpreendemos…

A Cynttia precisaria  fazer um viagem longa e  se ausentar por muitos dias. Como Quero Quero é  muito velhinho ela preferiu optar por não levá-lo. Postou em nossa página “Irmão Animal” um pedido de lar temporário para o peludinho enquanto ela estivesse fora…

Eis que o milagre acontece!!! Pasmem!!! Sua antiga tutora,  Claudia, teve acesso ao pedido de lar provisório através do Face de uma amigo,  o reconheceu como “PIT” o seu cachorro fujão…

Gente quanta emoção!!!! Cláudia rapidamente entrou em contato conosco, contou a sua história e tudo batia exatamente como era o Quero quero….

O PIT fugiu por um descuido de um  portão aberto, deu todas as característica do peludinho,  falou que ele não tinha boa saúde, era  dependente de remédios, inclusive controlados,  por conta de uma epilepsia e problemas cardíacos… foi um corre corre, liga pra lá, liga pra cá,  mensagens pra todos os lados, até que  finalmente Cynttia e Cláudia marcaram um encontro…

Não participamos fisicamente desse momento, ficou por conta das duas dividirem essa emoção, juntas estávamos de coração e na torcida pelos desfecho positivo, logo fomos informadas que ele foi de muitas alegrias e lágrimas, “Quero” ou “PIT” já não sabemos mais como chamá-lo reconheceu a sua antiga tutora, ficou feliz, abanou rabinho, foi cheirá-la, em fim ali diante das duas acontecia o “milagre do reencontro”.

PIT voltou para sua antiga  casa, certamente deixará  saudades, lembranças e marcas no coração da Cynttia e de toda a Família Irmão Animal, que sempre estiveram prontos a colaborarem  com ela  todas as vezes que “QUERO” precisava de alguma coisa.

Hoje 13/12/13, eu mesma entrei em contato com Cláudia para saber notícias dele. Ela me disse que graças a Deus ele está super adaptado, reconheceu seu antigo lar, está calmo, tranquilo, vivendo aquela vidinha de peludinho aposentado…hoje  na casa da Cláudia  também moram  outros peludinhos,  que  receberam PIT com muito carinho… Acho que final feliz pra todos né gente???

Fica aqui a dica: Nunca desista da busca, do reencontro… por mais que o tempo passe, acredite na possibilidade… nada é impossível aos olhos de Deus!!!   O que é nosso pode um  dia até ir,  mas se nos  pertencer de verdade, se estivermos unidos pela  alma , acredite!! Seja o que for, vai voltar…

por Zezé Rodrigues

Grupo Irmão Animal

About the author: Irmão Animal

Leave a Reply