RJ Petrópolis Bela Adotada!

Amigos e Amigas,

A imprensa foi mais rápida que nós desta vez,rs, mas segue as boas novas da nossa amiga Bela (mascarada da UPA).
Neste domingo, vieram do Rio o Antonio e sua esposa Barbara para adotá-la!

Bela já está no seu novo lar, ganhou uma irmãzinha Nina e muito amor de toda família que se encantou com ela.

Seguem fotos tiradas no dia, da Bela em seu novo lar e a matéria veiculada pela tribuna ontem.

Três meses depois da morte do dono, Bela ganha nova casa

TERÇA, 22 JANERIO 2013 11:04

Com a ajuda da ONG, um casal de Niterói decidiu adotar a cadela: recomeço./Foto: Divulgação.

Você conheceu a história de Bela aqui na Tribuna de Petrópolis. A cadelinha da UPA, como ficou conhecida na época, esperou o dono por semanas após seu falecimento, até que foi resgatada por um grupo de protetoras. Três meses depois, ela tem uma oportunidade de recomeçar com uma nova família. Neste domingo, Bela foi adotada.Tudo começou no início de novembro do ano passado, quando o tutor da cadelinha passou mal e foi levado às pressas à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cascatinha. Fiel ao dono, Bela seguiu a ambulância e aguardou o retorno de seu tutor (o que não aconteceu). Ele morreu durante o atendimento, vítima de um infarto, e ela ficou duas semanas do lado de fora da unidade, esperando, esquecida pela família e sendo maltratada por outros cães e por guardas. A história dela chegou ao grupo de protetoras Irmão Animal. “Nos comovemos com ela e buscamos tentar ajudá-la. Uma das integrantes da associação foi até o local e fez o resgate”, explicou Carla Maduro, uma das fundadoras do Irmão Animal.

Depois de ser tratada por um veterinário, Bela foi levada para uma hospedagem. Lá, aos poucos, foi se recuperando dos traumas físicos e psicológicos. “O processo de recuperação foi lento, sentíamos nela a tristeza pela ausência do tutor. Víamos nitidamente que ela deve tê-lo amado muito”, relatou Carla. A história dela comoveu não apenas as protetoras. Foram milhares os acessos à matéria no site da Tribuna de Petrópolis, e muitos os que se manifestaram através da página do Irmão Animal no Facebook. Mas, como tantos outros cães que vivem a realidade do abandono no município, ela permaneceu por três meses à espera de um novo lar.

Foi quando um casal de Niterói, o médico Antônio Werneck e a publicitária Bárbara Pellegrini, mudou o rumo da história. “Tínhamos perdido uma cadelinha, que viveu anos conosco. Sobrou apenas a Nina (uma vira-lata), que sentia falta da companheira, por isso decidimos adotar um novo cão”, explicou a publicitária. Através de amigos, chegaram até Bela e se encantaram com a comovente história da cadelinha. “Parece a história do filme de Richard Gere (ator americano, protagonista do filme Hachiko, sempre ao seu lado). Nos comovemos com ela e, além disso ela é muito parecida com a Nina, nossa outra cadela”, afirmou Bárbara.

O casal deu início ao processo de adoção. Depois de algumas entrevistas, no último domingo, subiu a serra e veio buscar o novo membro da família. “O primeiro contato foi incrível, ela é muito carinhosa. Nos apaixonamos por ela à primeira vista”, disse o médico Antônio. Ele relata ainda que os primeiros momentos da cadelinha com a família têm sido muito bons. “Ela está se adaptando rapidamente. Já fez amizade com nossa outra cadelinha”.

Esse é apenas o início do novo capítulo da história de Bela, que precisa agora se adaptar ao novo lar, assim como seus donos precisam se adaptar a ela. “Estamos otimistas e ansiosos para que dê tudo certo para essa nova família”, confessou a protetora Carla Maduro.

Realidade de outros cães também é mudada

Além da cadelinha da UPA, outros dois cães que estavam sob a tutela do grupo Irmão Animal, que é formado ainda por protetoras independentes, foram adotados, também no domingo. “O Jack e o Sorriso, como apelidamos os dois vira-latas que doamos no mesmo dia da Bela, foram para novos lares. Mas ainda temos 15 cães (entre animais de raça ou sem raça definida), além de onze gatos, que ainda aguardam há meses um novo lar. É triste que pessoas prefiram comprar um animal, quando há tantos outros que estão abandonados e precisam de uma casa”, finalizou Carla.

Vinícius Ferreira

Redação Tribuna

Agradecemos a todos que deram a Bela a oportunidade de ganhar um lar e novamente uma família tão especial que a amasse! Agradecemos ainda a todos padrinhos e madrinhas que nos auxiliaram a deixá-la saudável, a ter sua comidinha e ter um teto seguro e quentinho até o dia da sua adoção!

Faça uma boa ação! Apadrinhe/Amadrinhe um animal carente!

contatos@irmaoanimal.com

Grupo Irmão Animal
irmao.jpg

http://irmaoanimal.com
https://www.facebook.com/irmaoanimal
http://caespetropolis.wordpress.com – Animais para Adoção em Petrópolis

http://procuramospet.wordpress.com – Animais Perdidos e Achados em Petrópolis

ღ●๋•°’ RESPEITAR os animais é DEVER de todos … AMÁ-LOS é umPRIVILÉGIO de poucos!!! ღ●๋•°'”

ღ … adote, ajude, divulgue !!!

Se você não deseja mais receber nossos e-mails,responda este email com assunto Excluir da lista.

About the author: Irmão Animal

Leave a Reply